444 visualizações 2 min 0 Comentário

Liberado entrada de pessoas de Mianmar a partir de setembro

- 24 de agosto de 2020

O Japão e Mianmar concordaram na segunda-feira em reabrir as fronteiras para expatriados já no início de setembro, relaxando as restrições de viagens que foram impostas para conter a propagação da pandemia do coronavírus.

O ministro das Relações Exteriores, Toshimitsu Motegi, chegou a um acordo com o líder de Mianmar, Aung San Suu Kyi, em sua reunião em Naypyidaw, de acordo com o ministério japonês.

O acordo permite que expatriados e outros residentes de longa duração viajem reciprocamente, desde que fiquem em casa ou em um local designado por 14 dias após a chegada e tomem outras medidas de precaução.

Tóquio atualmente proíbe, em princípio, as entradas de estrangeiros de 146 países e regiões, mas está em negociações com 16 economias, incluindo Mianmar, para retomar as viagens nos últimos meses, em conjunto com o reinício das atividades socioeconômicas.

Além de Mianmar, o Japão concordou com Cingapura, Malásia, Camboja e Laos no início deste mês para permitir viagens recíprocas de residentes de longa duração já em setembro.

Ao visitar Mianmar, Motegi está na parada final de uma turnê por quatro países até terça-feira que incluiu Papua Nova Guiné, Camboja e Laos. O Japão busca aumentar sua presença nos quatro países em meio à crescente influência da China.

Portal Mundo-Nipo
Sucursal Japão Tóquio
Jonathan Miyata