Alunos japoneses recém saídos do ensino fundamental são mais adeptos ao uso de maconha, em parte devido à influência da internet, sugeriu uma pesquisa oficial.

Uma pesquisa realizada ano passado, pelo Centro Nacional de Neurologia e Psiquiatria, mostra que a maioria dos alunos no Japão, recém saídos do ensino fundamental são mais adeptos ao uso de maconha.

Segundo a pesquisa, 1,9% dos cerca de 70.000 estudantes do ensino médio entrevistados disseram que não possuem interesse, ou são indiferentes quanto ao uso.




 

Enquanto o número de casos juvenis envolvendo uso de maconha está aumentando, no Japão, 0,3% dos entrevistados disseram ter experimentado drogas ilegais, incluindo estimulantes. A porcentagem permanece inalterada em relação à pesquisa anterior.

Fonte: KYODO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.