Início Japão Cultura Mais turistas estrangeiros fazendo peregrinações a locais de anime da vida real...

Mais turistas estrangeiros fazendo peregrinações a locais de anime da vida real no Japão

1153
0
Visitas em Yotsuya são cada vez mais numerosos. Foto: Youtube

TÓQUIO – Os turistas estrangeiros que fazem peregrinações a “lugares sagrados”, ou locais reais usados ​​em animação japonesa, estão aumentando, especialmente depois do desenho animado “Seu Nome” que estreou em 2016.

O Santuário de Suga localizado em uma área residencial de Yotsuya na capital é atualmente conhecido pela maioria dos fãs de anime como um dos locais para tais peregrinações. Pequenas placas de madeira são exibidas no terreno do santuário, com mensagens quentes escritas em várias línguas estrangeiras. Uma mensagem diz: “Em comemoração ao local sagrado ‘seu nome'” em chinês, outro diz “desejo uma vida boa e saudável” em inglês.

A última cena em “seu nome”, em que os dois personagens principais, Taki e Mitsuha, se cruzam nas escadas do santuário, atrai o coração do público, independentemente de sua nacionalidade, sexo ou idade. Há um fluxo ininterrupto de visitantes japoneses e estrangeiros que vêm para tirar fotografias comemorativas do cenário que apareceu no filme.

“Eu posso falar um pouco em japonês”, disse David Ribas, de 37 anos, do popular ponto turístico espanhol de Ibiza, no Mar Mediterrâneo, ao Mainichi Shimbun. Ele sorriu com um toque de excitação ao chegar ao local sagrado que ansiava ver, enquanto explicava como conseguia chegar sem se perder seguindo as instruções do GPS. Ele tirou uma foto comemorativa com uma mulher da Prefeitura de Kanagawa que por acaso estava no santuário, e ficou encantado “um pelo outro sentir como se fôssemos Taki e Mitsuha”.

“Eu amo tanto ‘Dragon Ball’ e ‘Ranma 1/2′”, ele falou com uma mistura de japonês, espanhol e inglês. A entrevista aumentou de intensidade depois que Ribas pegou seu smartphone no meio do caminho e usou uma função de tradução para reduzir a barreira do idioma.

Ribas cresceu assistindo a animação japonesa e atualmente estuda japonês por seu amor pelo país. Ele percorreu a região de Kansai, no oeste do Japão, e Nagoya, quando veio ao Japão pela primeira vez com suas três irmãs mais novas. Nesta sua terceira visita, ele está passando 10 dias em Tóquio e aproveitando sua estadia principalmente no distrito de Asakusa.

Ele observou “seu nome” duas vezes no disco para verificar a localização de todos os locais sagrados e capturou uma fotografia da renovada estátua do Unicorn Gundam em Odaiba, uma área recuperada na capital. Em suas mãos estavam figuras de “Dragon Ball” e “Haikyu” para seu primo, e ele comprou encantos fofos em Asakusa para suas irmãs mais novas. “Estou planejando ir a Akihabara agora. Eles podem ter novas figuras lá”, disse ele.

Enquanto isso, Ribas não perde a chance de observar o verdadeiro Japão, como seu principal trabalho é o gerente de um supermercado. Ele passeava pela área “agradável e tranquila” de Minami-Senju, sua parte favorita da capital, e ficou impressionado com supermercados e lojas de conveniência 24 horas com uma ampla seleção de produtos. Ele gostava especialmente de “bolinhos de arroz com atum e maionese” e “melonpan”, um pão doce parecido com a forma de um melão.

Ele escolheu entrar na estação das chuvas porque “há pouca chuva na Espanha”. Ele comentou: “O trovão é legal, embora seja um pouco assustador. Quero visitar novamente em outra temporada e encontrar novos locais sagrados e números”.

Fonte: Mainichi Shimbun

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here