Masako Doi ganhou o seu primeiro grande título de Grand Prix neste sábado, ao dar para o Japão a terceira medalha de ouro no segundo dia do Grande Prêmio de Budapeste. 




 

Doi derrotou a medalhista olímpica de bronze Ketleyn Quadros (a primeira mulher a ganhar uma medalha em esportes individuais para o Brasil na história das Olimpíadas), em 2008, na final feminina de 63 quilos, após a brasileira ter sido penalizada pela terceira vez.  

Doi, de 24 anos, conquistou o seu primeiro Grand Slam no circuito da IJF em Osaka no ano passado. 

“Ultimamente eu tenho perdido um evento após outro, então eu vim para esse torneio planejando vencer e foi assim que competi”, comemorou Doi. “Eu quero estar entre os candidatos das Olimpíadas de Tokyo em 2020” 

Do outro lado, na divisão masculina de 73kg, o tricampeão mundial do Japão, Masashi Ebiuma, terminou em quinto após ser derrotado pelo medalhista de ouro Europeu, Akil Gjakova, de Kosovo.

Ebinuma expôs suas dúvidas sobre as chances de fazer parte da equipe olímpica do Japão. “Eu não consigo imaginar. As minhas chances são próximas de zero. Há uma enorme diferença entre terminar em terceiro e terminar em quinto”. 
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.