Sendo a maioria dos trabalhadores com mais de 50 anos, o setor marítimo do Japão tem enfrentado escassez de mão de obra. Mesmo com o salário de  ¥470 mil, os jovens japoneses não se atraem pelo trabalho e muitos desistem nos primeiros meses, quando contratados.




No navio, o trabalho costuma ser pesado, mas varia de acordo com a experiência e cursos feitos pela pessoa. Acredita-se que a razão da falta de interesse é o sistema de trabalhar 14 horas por dia por três meses, e descansar por um mês.

Um trabalhador do setor na faixa dos 50 anos, afirmou que o trabalho é muito estressante, principalmente quando excede os três meses e o mês de descanso diminui.

Outro, de 40 anos, disse que o salário e a possibilidade de promoção com a experiência e técnica adquiridas o atraíram.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.