Início Destaques Japão Moradores de cidade de Fukushima recebem autorização para retorno

Moradores de cidade de Fukushima recebem autorização para retorno

563
0
Não haverá restrições sobre aproximadamente 38% da área total da cidade, mas o restante permanecerá fora dos limites devido a níveis mais altos de radiação. Foto: RT

O governo formalizou na sexta-feira (5) sua decisão de levantar parcialmente da próxima quarta-feira uma ordem de evacuação obrigatória para os moradores de uma cidade que abriga em conjunto a usina nuclear de Fukushima n°1.

A cidade de Okuma – que viu todos os seus cerca de 10 mil moradores evacuarem após um dos piores desastres nucleares do mundo, desencadeada por um terremoto e tsunami – permitirá que ex-moradores retornem pela primeira vez em oito anos, decidiu o governo. A decisão foi baseada nos baixos níveis de radiação alcançados através do trabalho de descontaminação.

Futaba, a outra cidade que hospeda a usina, continua sendo uma zona proibida.

Apesar da decisão, espera-se que um número muito pequeno de moradores retorne a Okuma. Até o final de março, apenas 367 pessoas de 138 famílias, ou cerca de 3,5% da população original de 10.341 pessoas, estavam registradas como residentes de áreas onde a ordem será suspensa.

“Levantar a ordem de evacuação não é o objetivo final. Vamos nos esforçar para restaurar um ambiente habitável para a população “, disse o ministro da Economia, Comércio e Indústria, Hiroshige Seko, em entrevista coletiva.

Não haverá restrições sobre aproximadamente 38% da área total da cidade, mas o restante permanecerá fora dos limites devido a níveis mais altos de radiação.

Em 11 de março de 2011, um tsunami envolveu a usina nuclear de seis reatores localizada na costa do Pacífico, causando colapsos de núcleo nos reatores 1, 2 e 3 e explosões de hidrogênio nas unidades 1, 3 e 4 nos dias seguintes e levando a o pior desastre nuclear desde Chernobyl em 1986.

No auge da crise, cerca de 160 mil pessoas foram evacuadas de suas casas na província de Fukushima, e cerca de 40 mil pessoas permaneceram desalojadas no final de março deste ano.

Fonte: KYODO

https://www.japantimes.co.jp/news/2019/04/05/national/evacuees-can-return-next-week-parts-okuma-host-fukushima-nuclear-plant-likely/#.XKdi55hKjIU.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here