Tem acontecido uma discussão nas redes sociais do Japão, sobre o rosto das mulheres ficarem mais bonitos quando são amadas. Se isso é verdade, nós não sabemos. Quer dizer, quando estamos apaixonados tendemos a deixar os músculos do nosso rosto mais relaxado e isso pode ter um pouco a ver com o fato de ficarmos mais “fofos”. 




O que aprendemos com essa matéria hoje, é que os animais podem definitivamente se tornarem outros depois de achar um lar amoroso. Basta olhar para esse fofíssimo gato munchkin laranja-listrado, compartilhado pela twitter japonesa @00bibibi 

O gatinho carrancudo se tornou um quase-de-mentira, gatinho de olhos grande e rostinho meigo. 

Antes:

Depois:

As fotos foram tiradas com um ano de diferença. 

A dona do gatinho disse que ele ficou preso por quase 1 ano inteiro, sem que ninguém o adotasse. Toda vez que alguém chegava perto, ele esfregava o rosto nas barras da gaiola e por isso, ficou um pouco careca em um dos lados do rosto.  E provavelmente muito infeliz, a julgar pela carinha carrancuda. 

Mas agora, depois de um ano sendo cuidado por uma dona amorosa, sua pelagem é fofa, macia e seu rosto parece muito mais relaxado e feliz. 

Depois dos gatinhos mochileiros que foram tirados das ruas e já viajaram o Japão inteiro, a gente pôde descobrir que o amor é capaz de curar, de fato, todas as feridas e trazer alegria às vidas que provavelmente viviam em completa falta de esperança. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.