Nesta quinta-feira (18), a Agência Nacional de Polícia do Japão apresentou um projeto de lei para aplicar uma punição mais rigorosa para os que mexem no celular enquanto dirigem.




Atualmente, a multa para os que forem pegos mexendo no celular  é de 7 mil ienes para veículos de grande porte, 6 mil ienes para automóveis e motos e 5 mil ienes para carros leves.

No projeto de lei, os valores sobem para 25 mil, 18 mil e 15 mil ienes, respectivamente. Em situações de grande risco, a multa pode chegar a 100 mil ienes, até seis meses e apreensão e 6 pontos retirados da carteira.

A polícia informou que as mudanças poderão entrar em vigor em dezembro deste ano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.