A famosa rede japonesa de lojas de conveniência “7 Eleven” anunciou que pretende deixar de funcionar 24 horas devido a falta de mão de obra. 




 

Atualmente 40 lojas da franquia já estão funcionando das 7 as 23 em um período de teste, outras 200 unidades devem aderir a este horário futuramente para avaliar a viabilidade desta decisão.

Este tipo de franquia de lojas teve sua ascensão na década de 1970 pois sua acessibilidade 24 horas provou ser uma ótima estratégia em um país onde as pessoas trabalham por longos períodos que se perduram até a noite.

Até para os moradores rurais as lojas são de grande serventia contando com caixas eletrônicos, serviços postais e ponto de abastecimento em períodos de desastres naturais.

Dentre as diversas franquias (7 Eleven, FamilyMart, Lawson etc), estima-se que há mais de 58 mil destas lojas espalhadas pelo país.

Segundo um sindicato que representa os donos das lojas de conveniência, esta cada vez mais difícil encontrar mão de obra. Muitos proprietários se vêem obrigados pelo contrato da franquia a trabalhar longas horas para manter a loja funcionando 24 horas.

 

via:alternativa

One thought on “No Japão, falta de mão de obra faz franquia de lojas de conveniência famosa entrar em crise.”
  1. Hoje muitas pessoas trabalham somente nas fábricas por não saberem o idioma japonês e ganhando pouco cada vez mais querem trabalhar nas fábricas onde muitas vezes não exigem o idioma ou exigem pouco se os salários aumentarem e também deixar de fazer longos turnos com uma só equipe sobraria mais tempo para as pessoas focar no estudo da língua japonesa podendo assim irem para novos setores de trabalho, agora querendo aumentar o imposto a tendência é aumentar mais ainda a falta de mão de obra nesses outros setores

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.