Início Mundo Crime O Diabo em forma de mãe

O Diabo em forma de mãe

734
0
Quando ela voltava para casa, eu continuava a tortura. Eu também a cortava, confessou a mãe. Foto: Youtube

Mãe injetava água sanitária e sabão líquido em seu bebê desde quando tinha um mês de vida, o caso que ocorreu em Istambul na Turquia só veio à tona quando a menina já tinha 18 meses.

Em depoimento para a polícia, Elif K afirmou “Desde que ela tinha um mês de vida eu injetava sabão líquido e água sanitária em seus ouvidos, nariz e umbigo até ela começar a sangrar”.

Ele continuou “Então eu a levava para o hospital para tratamento. Quando ela voltava para casa, eu continuava a tortura. Eu também a cortava. Quando ela estava no hospital, eu também injetava o líquido ou a água sanitária em suas veias”.

Na primeira ida ao hospital os médicos não identificaram o problema. Quando sua condição piorou, aos 9 meses de vida, a menina foi levada para o hospital Instanbul University Medicine Faculty Hospital.

Foi quando diagnosticaram uma pequena fratura no crânio, arranhões e machucados no corpo inteiro, os médicos suspeitaram dos pais e denunciaram o caso para a polícia que iniciou uma investigação. Mas a mãe foi liberada após convencer a polícia de sua inocência.

Aos 18 meses a menina foi levada novamente ao hospital com a saúde ainda mais deteriorada, os médicos proibiram a mãe de ter acesso a sua filha. Foi quando ela começou a melhorar.

A polícia foi acionada mais uma vez e foi quando a mãe admitiu ter torturado a filha todo esse tempo. Agora ela está presa e aguarda o julgamento enquanto a criança está sob cuidados do pai e sua saúde melhora a cada dia.

Fonte: bebê mamãe

https://bebemamae.com/mamae/mae-admite-ter-injetado-agua-sanitaria-em-sua-bebe-porque-nao-a-amava.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here