Início Japão Crime O ex-presidente do conselho de administração da Nissan, Ghosn é oficialmente indiciado

O ex-presidente do conselho de administração da Nissan, Ghosn é oficialmente indiciado

361
0
Carlos Ghosn foi indiciado pelo governo japonês. Foto: Forbes Brasil

O ex-presidente do conselho de administração da Nissan Motor, Carlos Ghosn, é indiciado pelos procuradores de Tóquio oficialmente no dia 10 de dezembro, por subdeclarar sua renda, sendo prorrogada sua detenção devida suspeita de conduta financeira irregular adicional.

A Nissan também foi indiciada por apresentar declarações financeiras falsas, tornando a montadora japonesa culpada pelo escândalo.

Em 19 de novembro Ghosn foi preso sob suspeita de conspirar para subdeclarar seus rendimentos em cerca de metade dos atuais 10 bilhões de ienes durante cinco anos. Ele ainda não havia sido oficialmente indiciado.

Procuradores emitiram um novo mandado de prisão a ele no dia 10 de dezembro por subdeclarar sua renda por outros três anos, até março de 2018.

A Nissan declarou que a fraude foi planejada por Ghosn com a ajuda do ex-diretor-representante Greg Kelly, que também foi oficialmente indiciado.

Fonte: Alternativa Online

http://www.alternativa.co.jp/Noticia/View/78793/Ghosn-e-formalmente-indiciado-por-fraude-financeira-Nissan-tambem-e-acusada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here