Uma pesquisa divulgada pela FIPE – Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas no final do mês de maio revelou que o mercado editorial brasileiro perdeu um quarto do seu tamanho entre 2006 e 2018, e que a queda do faturamento se acentuou especialmente nos últimos quatro anos.




 

A pesquisa, encomendada pelo Sindicato nacional dos Editores de Livros – SNEL e pela Câmara Brasileira do Livro – CBL, sinalizou que houve uma queda forte tanto no mercado quanto nas vendas para o Governo. Os números divulgados pela FIPE foram classificados como “um desastre” pelo editor Marcos Pereira, presidente do SNEL. Nesta entrevista, ele analisa as razões do desastre e o desafio de superar a crise.

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.