Neste ano os casos de bullying em escolas do Japão ficaram em 410 mil ocorrências. Foram 474 de bullying seguido de suicídio, 78 casos a mais que no ano anterior. Os números cresceram, isso assustou o Ministério da Educação do Japão, que irá analisar relatórios de cada caso.

Esses relatórios servirão para criar métodos de prevenção de suicídio, coibindo o bullying. O Ministério pediu para as escolas relatarem qualquer confronto entre estudantes, afim de identificar o fator motivante.

O professor Yoji Morita, da Universidade de Educação de Naruto, acredita que a medida possa resultar em um plano de prevenção eficiente.

“Através da análise de cada relatório, é possível construir uma base preventiva e aprofundar as discussões sobre como recuperar a dignidade das crianças que foram vítimas desta prática”, explicou, em entrevista para a NHK.

Fonte: Alternativa Online

http://www.alternativa.co.jp/Noticia/View/78352/Japao-teve-474-casos-de-bullying-com-suicidio-em-2017-governo-analisa-prevencao.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.