Início Destaques Japão O número de contratação de deficientes físicos no Japão bate recorde

O número de contratação de deficientes físicos no Japão bate recorde

421
0
As empresas são obrigadas por lei a contratar pessoas com deficiência. Foto: Prensa Latina

O número de pessoas com deficiência trabalhando em empresas do setor privado no Japão em 1º de junho do ano passado chegou a 500 mil pela primeira vez, mostrou uma pesquisa do Ministério do Trabalho nesta terça-feira (9).

O número de trabalhadores com deficiência aumentou 7,9% em relação ao ano anterior, para 534.769,5, representando um recorde de 2,05% da força de trabalho total, um aumento de 0,08 ponto percentual e a primeira leitura, acima de 2%.

No levantamento, os trabalhadores a tempo parcial são contados como 0,5.

O crescimento veio quando a proporção legalmente obrigada de trabalhadores com deficiência nas folhas de pagamento aumentou de 2,0% para 2,2% em abril de 2018, de acordo com o ministério.

Mas apenas 45,9% de todas as empresas cumpriram o padrão legal, queda de 4,1 pontos.

Dos trabalhadores com deficiência, o número de pessoas com deficiências físicas aumentou 3,8%, para 346.208, enquanto o número de pessoas com deficiências intelectuais aumentou 7,9%, para 121.166,5, e aquele com deficiência mental subiu 34,7%, para 67.395.

As empresas são obrigadas por lei a contratar pessoas com deficiência. As multas são impostas se as empresas não conseguirem atingir a proporção legalmente estabelecida desses trabalhadores, enquanto subsídios são pagos àqueles que satisfazem a exigência.

A pesquisa sobre o emprego de pessoas com deficiência é geralmente divulgada em dezembro. Devido a um problema no sistema de computador, no entanto, o lançamento da pesquisa para 2018 foi atrasado.

A proporção de pessoas com deficiência trabalhando em escritórios do governo ficou em 1,22%, menor do que a do setor privado, após o acúmulo anterior de dados do governo para esses trabalhadores.

Fonte: JIJI

https://www.japantimes.co.jp/news/2019/04/09/national/number-people-disabilities-working-japanese-firms-tops-500000-first-time/#.XKywZ5hKjIU.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here