Início Brasil Paraquedista morre por falha em equipamento em Boituva

Paraquedista morre por falha em equipamento em Boituva

901
0
Desde agosto, quatro pessoas morreram durantes os saltos no Centro de Paraquedismo. Foto: Youtube
Na hora do salto, o paraquedas não abriu e paraquedista morre em hospital por parada cardiorrespiratória.

Diogo Tavares (35), morreu na terça-feira (18) durante uma aula de paraquedismo em Boituva, o maior centro de paraquedismo da América Latina. Durante o salto, o paraquedas não abriu, e por não ter desativado o paraquedas principal antes de acionar o equipamento reserva, os cabos de enrolaram e a queda aconteceu. Tavares já realizou 39 saltos.

Desde agosto, quatro pessoas morreram durantes os saltos no Centro de Paraquedismo. As outras vítimas foram Eudismar Almeida Araújo (56), que se chocou contra outra paraquedista; Diego Camargo Martins (37), que pousou em uma rodovia e foi atingido por uma carreta; e Fabrício Daikubara (40), que morreu se chocando com o chão após uma manobra mal sucedida.

A morte de Diogo Tavares é a segunda na mesma semana. A Associação Nacional de Paraquedismo informou que os acidentes estão sendo investigados por autoridades policiais.

Fonte: UOL

https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2018/12/19/equipamento-nao-abre-e-paraquedista-morre-durante-salto-em-boituva.html.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here