De acordo com fontes, o governo irá fornecer assistência financeira para coleta e descarte de resíduos plásticos jogados no oceano que os navios recolhem durante a atividade de pesca.

A Agência de Pesca do Japão informou que grandes quantidades de garrafas, sacos e outros resíduos plásticos são arrastados na rede durante a pesca. Se o lixo coletado voltar para a terra, deve-se pagar um valor para descarta-lo, por isso, os pescadores jogam de volta no mar.

O financiamento virá do orçamento de  ¥ 3,5 bilhões do ministério para lidar com o lixo marinho. A estimativa é de que os municípios que eliminam lixo contribuam com 6% do custo.

O governo de Kagawa e os 17 municípios da prefeitura arcam o custo da coleta e descarte dos resíduos coletados em pesca, sendo um total de 20 toneladas por anos. Desse total, 80% são garrafas e sacolas de compras.




 

No Japão, 30 mil toneladas de lixo encontrado no oceano é descartado anualmente. 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.