Início Mundo Crime Pela primeira vez, Arábia Saudita admite a que a morte do jornalista...

Pela primeira vez, Arábia Saudita admite a que a morte do jornalista desaparecido aconteceu no consulado

423
0
Tudo indica que Jamal Khashoggi foi assassinado e esquartejado dentro do Consulado da Arábia Saudita na Turquia

Pela primeira vez, o governo saudita confessou que Jamal Khashoggi, jornalista que desapareceu no início deste mês, está morto. Segundo Promotoria Geral de Arábia Saudita, os resultados preliminares no caso de Khashoggi indicam que a morte ocorreu no consulado de Istambul após briga que ocorreu no local. As informações foram divulgadas em um comunicado citado por meios estatais.

“As investigações estão sendo realizadas e 18 cidadãos sauditas foram presos”, indicou a nota.

Não houve notícias de Khashoggi, colaborador de The Washington Post, exilado nos EUA durante um ano desde que entrou no consulado de seu país, em Istambul. A visita ao consulado foi para obtenção de documentos para se casar com a namorada turca.

Apesar do Governo turco afirmar que tudo indicava a morte de Khashoggi dentro do consulado árabe, a Arábia Saudita negou até o momento. Há suspeitas de que o corpo foi desmembrado com uma serra.

Fonte: El Pais

https://brasil.elpais.com/brasil/2018/10/20/internacional/1539988114_382377.html.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here