O Conselho de Educação de Tóquio decidiu permitir aos alunos de escolas secundárias levarem seus smartphones, para as escolas.

Para as demais escolas de ensino fundamental e médio, que são administradas por cidades e outros municípios da capital, a decisão será deixada para os comitês de educação para cada município.

Os dispositivos móveis, que até então eram proibidos, em princípio, nas escolas secundárias, agora caberão ao diretor de cada instituição se deve ou não permitir o uso de aparelhos celulares dentro das salas de aula.




 

O motivo para a mudança de ideia é devido ao conselho metropolitano ter passado a ver os dispositivos como uma ferramenta útil para confirmar a segurança dos alunos em uma situação de desastre.

Fonte: KYODO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.