O inverno no Japão é conhecido por ter temperaturas abaixo de zero. Ventos gélidos, neve, fria, gelo.
Apesar disto, nem todas as famílias tem condições de ter um ar com aquecedor, ou um sistema central para a casa. Desta forma, como as pessoas se mantém aquecidas nesse período?




 

O Kotatsu é a resposta.
Famílias se reúnem ao redor de uma mesa aquecida, que se tornou objeto essencial para as casas do japão, durante os meses de inverno.

Kotatsu é uma mesa baixa, com um mini-aquecedor elétrico na parte de baixo e dois cobertores presos nas laterais, para manter o ambiente interno aquecido.

Geralmente é colocado sobre o tatami, o que significa que você pode sentar-se no chão e cobrir suas pernas no futom da mesa. O lado ruim (ou não), é que aos poucos você vai entrando debaixo e quando perceber, vai estar todo coberto.

No Japão podemos encontrar Kotatsus a preços que se adequam a todo tipo de gosto e bolso. Os preços de um conjunto completo variam entre 2.000 a 12.000 ienes.

 

Gatos amam kotatsu 

 Para quem tem gatos, isso não é nenhuma novidade. Gatos amam lugares apertados e aquecidos, então o kotatsu é o lugar favorito deles no inverno.

Como são pequenos, eles conseguem se acomodar perfeitamente embaixo e, se puderem, passariam o resto de suas vidas lá, dormindo e ronronando.

Por falar em dormir, não é aconselhável dormir sob o kotatsu, embora muitas pessoas tenham esse costume. 

O problema é que o corpo não fica totalmente aquecido e ele acaba tendo que trabalhar de forma desigual.

Kotatsu ao ar livre e trens Kotatsu.

O kotatsu tem como a sua melhor qualidade, reunir e aproximar pessoas. Com isso, tem surgido ideias de restaurantes que trocaram mesas e cadeiras de partes ao ar livre, por kotatsus e tatamis.

Outro exemplo do bom uso do kotatsu, são nos trens.
A empresa Sanriku Railway, faz rotas em que seus vagões são equipados com mesas kotatsu, para que os passageiros possa viajar com conforto e segurança.

Fonte: Japão em Foco

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.