O conselho de Educação de Saitama, divulgou neste sábado (27), que afastou um professor de 30 anos de seu cargo, depois de ser acusado de incitar que uma aluna tocasse em seu órgão genital durante uma “brincadeira”. 




Segundo o portal de notícias Saitama Shimbun, o professor estava isolado com a menina, cujo a idade era por volta de 10 anos, em uma classe especial de língua japonesa, quando propôs uma brincadeira de adivinhar objetos com os olhos vendados, usado apenas as mãos. 

O homem vendou os olhos da menina com uma toalha e expôs seu órgão genital, afim de que a menina o tocasse.  

Ao perceber algo estranho, a menina tirou a toalha do rosto e disse que não queria mais brincar. No dia seguinte ela relatou o ocorrido aos seus pais e o caso chegou à diretoria da escola e ao Conselho de Educação. 

O professor, cujo nome não foi divulgado, disse que planejou a brincadeira porque estava se sentindo frustrado em função ao seu relacionamento com sua namorada.  

 

Mundo-Nipo: O principal portal de notícias do Japão. 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.