Em 1993, o governo japonês iniciou o Programa Técnico de Treinamento Interno , um programa de treinamento que visa fornecer treinamento e habilidades técnicas para trabalhadores de economias em desenvolvimento e assim buscarem seu próprio sustento. 

Embora os objetivos do programa sejam louváveis, no mundo real, a iniciativa está sob intenso debate, após alegações de problemas de saúde e segurança ocupacional e violações dos direitos trabalhistas, o que faz todos pensarem que o programa na verdade é uma forma de adquirir de mão de obra estrangeira barata e capaz de lidar com a escassez de mão de obra.  

A falta de administração e suporte adequados para os estagiários técnicos e para as pessoas para quem trabalha está aumentando os problemas, pois a dificuldade de se comunicarem devido ao idioma e as diferenças culturais podem causar atritos no local de trabalho. 

Em um vídeo viralizado recentemente, é possível ver um chefe repreendendo um de seus estagiários, apontando um erro que ele cometeu e acusando o homem de mentir e já logo em seguida, a discussão se transforma em uma briga com os estagiários agredindo o chefe físicamente como retaliação. 

De acordo com uma resposta ao vídeo (que já não está mais disponível) o incidente ocorreu na cidade de Ichinomiya, na província de Aichi. No vídeo, o chefe pode ser visto repreendendo um dos estagiários por cometer um erro, com o chefe dizendo que ele deveria entender e não mentir sobre as coisas, dizendo que ele não está aqui para zoar. 

A câmera se afasta do chefe ao mesmo tempo em que as coisas começam a ficarem mais complicadas, um estagiário do lado direito da tela de repente agarra o chefe e o derruba dando vários socos antes que o homem que foi repreendido se envolva, dando um cotovelo na parte de trás da cabeça. 

O clipe termina com o chefe lutando contra três homens, e o remetente do vídeo, que diz que o clipe foi originalmente compartilhado on-line por um trainee vietnamita em Aichi, não tem notícias de como a briga terminou. 

As pessoas que viram o vídeo on-line ficaram horrorizadas com tudo o que viram, mas as críticas se divergiram um pouco, umas criticando os estagiários, outras criticando o chefe e outras criticando o governo por criar esse tipo de ambiente hostil. 

Como pouca informação disponível sobre o incidente, é difícil dizer se a polícia foi chamada ou se o chefe e a equipe decidiram deixar o conflito de lado e continuar trabalhando juntos. Mas uma coisa é certa, a violência nunca é a resposta certa para nada. 

Mundo-Nipo: O principal portal de notícias do Japão  

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here