Início Japão Ciência Recorde no Guiness Book para cálculo do PI, 31,4 trilhões de dígitos

Recorde no Guiness Book para cálculo do PI, 31,4 trilhões de dígitos

500
0
O cálculo inovador exigiu 25 máquinas virtuais do Google Cloud, 170 terabytes de dados e cerca de 121 dias para serem concluídos. Foto: Youtube

O Google LLC anunciou na quinta-feira que uma equipe liderada pela engenheira Emma Haruka Iwao, do Japão, quebrou o Recorde Mundial do Guinness ao calcular pi para o dígito de 31,4 trilhões, cerca de 9 trilhões a mais que o recorde anterior em 2016.

A conquista, anunciada no dia apelidado de “Pi Day”, com seus três primeiros dígitos em 3,14, foi obtida usando a infraestrutura do Google Cloud, informou a gigante de tecnologia.

Iwao ficou fascinado com pi, um número infinitamente longo definido como a razão entre a circunferência de um círculo e seu diâmetro, quando ela tinha 12 anos de idade.

“Quando eu era criança, eu baixei um programa para calcular pi no meu computador”, disse ela em um post no blog do Google.

Na faculdade, um de seus professores era Daisuke Takahashi, da Universidade de Tsukuba, na província de Ibaraki, recordista por calcular o valor mais preciso do pi por meio de um supercomputador.

“Quando eu disse a ele que começaria este projeto, ele compartilhou seu conselho e algumas estratégias técnicas comigo”, disse ela.

O cálculo inovador exigiu 25 máquinas virtuais do Google Cloud, 170 terabytes de dados e cerca de 121 dias para serem concluídos.

“Estou muito feliz por ser uma das poucas mulheres em ciência da computação que detém o recorde, e espero poder mostrar a mais pessoas que querem trabalhar na indústria o que é possível”, disse Iwao.

Segundo o Google, Iwao calculou 31.415.926.535.897 dígitos, tornando-se a primeira vez que a nuvem foi usada para um cálculo pi dessa magnitude.

Fonte: KYODO

https://www.japantimes.co.jp/news/2019/03/15/national/science-health/google-team-led-japanese-engineer-breaks-record-calculating-pi-31-4-trillionth-digit/#.XIuypyhKjIU.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here