139 visualizações 3 min 0 Comentário

Redes de restaurantes no Japão removem temperos das mesas após vídeos virais

- 20 de fevereiro de 2023
Uma placa de um restaurante “Gyoza no Ohsho” é vista em Tóquio em 14 de fevereiro de 2023. (Mainichi/Hiroaki Wada)

As principais cadeias de restaurantes de bolinho de massa e curry “gyoza” no Japão removeram os temperos das mesas em suas filiais após uma série de vídeos virais, incluindo mau comportamento de clientes e filmagens que levantam preocupações com a saúde.

A Ohsho Food Service Corp., com sede em Kyoto, que opera a cadeia de restaurantes “Gyoza no Ohsho”, e a operadora “Curry House CoCo Ichibanya” Ichibanya Co., com sede na cidade de Ichinomiya, na província de Aichi, são as últimas grandes empresas que removeram os condimentos das tabelas.

O Ohsho Food Service anunciou que removeu todos os temperos, como molho para gyoza, óleo de pimenta e vinagre das mesas a partir de 11 de fevereiro. Agora, o molho é colocado em pequenos pratos e o óleo de pimenta e outros condimentos são fornecidos pela equipe do restaurante mediante solicitação de clientes.

Em um vídeo postado online, um inseto foi mostrado em uma jarra de molho de bolinho de massa em um restaurante Gyoza no Ohsho. Em resposta, a operadora emitiu um comentário em seu site em 9 de fevereiro, dizendo: “Confirmamos o fato de que um incidente semelhante à hora e ao conteúdo do vídeo ocorreu em um de nossos restaurantes franqueados”. Todo o molho da agência foi descartado e um centro de saúde pública aparentemente confirmou a situação da gestão sanitária.

Uma placa de um restaurante “Curry House CoCo Ichibanya” é vista em Tóquio em 14 de fevereiro de 2023. (Mainichi/Hiroaki Wada)

A Ichibanya também removeu os picles e molhos “fukujinzuke” das mesas em todas as suas 1.217 lojas no Japão e mudou sua política este mês para servir picles e molhos somente após receber pedidos dos clientes.

Um vídeo de um cliente comendo fukujinzuke diretamente de um recipiente com uma colher em uma mesa em um restaurante Curry House CoCo Ichibanya se espalhou nas redes sociais há cerca de três anos. A operadora disse sobre sua última ação: “Levamos em consideração as preocupações dos clientes e fortalecemos nossas medidas de controle de higiene”.


Estamos há mais de 20 anos no mercado contratando homens e mulheres até a 3º geração (sansei) com até 65 anos, casais com ou sem filhos para trabalhar e viver no Japão, temos mais de 400 vagas e parceria com +50 empreiteiras em diversas localidades. Auxiliamos na emissão do Visto Japonês, Documentos da Empreiteira, Certificado de Elegibilidade, Passagem e mais. Contate-nos via WhatsApp para mais informações sobre empregos no Japão: (11) 95065-2516 📲🇯🇵✨ ©𝐍𝐨𝐳𝐨𝐦𝐢 𝐓𝐫𝐚𝐯𝐞𝐥.
Comentários estão fechados.