Nesta quarta-feira (10), a província de Shizuoka abriu três rotas de escaladas no Monte Fuji, o pico mais alto do Japão. De acordo com a agência de notícias Kyodo, as rotas estarão abertas até o dia 10 de setembro deste ano. 

Além das três rotas de Shizuoka, a rota de Yamanashi está aberta desde 1º de julho deste ano. As duas províncias cobram 1000 ienes aos visitantes que desejam subir até mais da metade do Monte Fuji, de 3.776 metros. O valor será direcionado à preservação da montanha. 




 

De acordo com as províncias, a taxa de coleta subirá para 70%, independente de que os visitantes cheguem ao topo.

Todos os anos, a escalada do Monte Fuji atrai cerca de 300 mil pessoas.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.