O fotógrafo alemão Arnold Genthe documentou o Japão de 1908 através de inúmeras fotos, material que foi adquirido pela Livraria do Congresso dos Estados Unidos.




 

As fotografias mostram um Japão da Era Meiji (3 de fevereiro de 1867 a 30 de julho de 1912), muito diferente da que é hoje. Notamos a diferença no vestuário, na quantidade de carroças, no banho de mar com roupa e chapéu.

A Era Meiji sucedeu a Era Edo (1603 – 1867), marcada pela estagnação econômica, a era anterior foi dominada pelos senhores feudais. Mas em lulho de 1853, uma esquadra dos Estados Unidos composta por quatro navios, comandada pelo comodoro Matthew Calbraith Perry desembarcou à baia de Edo exigindo a abertura dos portos japoneses, este fato contribuiu para o fim do Xogunato no Japão.

O Príncipe Mutsuhito, mais conhecido como Imperador Meiji, assumiu o trono aos 14 anos de idade no lugar de seu pai, o Imperador Kamushi. A Restauração Meiji pôs fim ao Sistema Feudal de 256 anos dos grandes xoguns, entre eles Tokugawa, o últimos dos xoguns.

O novo governo selou acordo com as grandes potências internacionais e anunciou a Lei Internacional, esta medida foi essencial para o início da nova era da História do Japão.

Junto ao tratado, a constituição de uma nova unidade política do país permitiu a centralização da administração pública e a intervenção do Estado na economia, o modelo de produção feudal deu lugar a entrada de tecnologia ocidental, contribuindo para a entrada do capitalismo.

Os antigos feudos foram extintos e os privilégios pessoais foram eliminados através de uma reforma agrária e da reformulação da legislação do imposto territorial rural.

Em 1871, o Imperador enviou uma missão de estudo de tecnologia ao Ocidente, foi denominada de Missão Iwakura, este programa visava a modernização do país.

No ano de 1872 foi iniciada a construção de sua primeira ferrovia, instaurou o serviço militar e organizou um exército moderno, nos moldes alemão e francês. O novo modelo trouxe grandes mudanças, as vestimentas de samurais deram lugar à farda de soldado, as espadas foram aposentadas dando lugar aos fuzis. A moeda iene foi criada juntamente com o Banco do Japão, o ensino primário foi instaurado e tornou-se obrigatório, enfim o Estado tornou-se forte e centralizado. O gabinete parlamentar foi criado em 1885, em 1889 a primeira constituição do Japão foi criada, instaurando-se uma monarquia constitucional.

Grandes conglomerados passaram a surgir originados por clãs familiares (Mitsubishi, Mitsui, Sumitomo, Yasuda, entre outros).

Com esse processo de modernização, o Japão industrializou-se rapidamente, ganhando confiança para dominar o mundo através de um projeto ambicioso, a Segunda Guerra Mundial.

Fonte: Hypeness, Wikipedia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.