Devido a um número exorbitante de pessoas vindas de outros países para visitar o Japão, cometendo casos que variam de grave para moderados de desrespeito, um Santuário japonês de Watasumi, disse que está terminantemente proibida a entrada de estrangeiros ao local. 

Em um tweet publicado pelo sacerdote-chefe, a proibição dos turistas se deu ao mau comportamento, principalmente dos visitantes coreanos, que gritavam palavras de baixo calão, possuíam conduta agressiva e até roubavam itens do templo. 

A localização de Tsushima, fica entre o Estreito da Coréia e o Estreito de Tsushima, aproximadamente a meio caminho entre o Japão e a península coreana. 

Isso significa que o santuário possui um grande número de turistas, principalmente nesta época do ano. 

Embora a proibição inclua qualquer tipo de estrangeiro, o sacerdote afirmou que seu compromisso é apenas com os coreanos. Um dos detidos era um Youtuber que fazia filmagens do terreno e das pessoas sem o consentimento delas.  

 

Mundo-nipo: O principal portal de notícias do Japão 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here