Início Japão Cultura Seppuko, o ritual da morte japonês

Seppuko, o ritual da morte japonês

1166
1

O seppuku é considerado um dos rituais mais famosos do Japão desde o período Meiji, realizado apenas pela classe guerreira. Acredita-se que o primeiro tenha sido feito pelo guerreiro e poeta Minamoto no Yorimasa, no período Heian, ritual que era muito mais agressivo e doloroso do que se tornou durante o período Meiji.

Os guerreiros samurais defendiam que nada era mais importante do que a honra, então o ritual era realizado por expressão ou situação particular, como descontentamento ou falha com seu daimyo ou evitar ser capturado. O ritual só era permitido para um bushi fora dos campos de batalha com a aprovação de chefe do clã.

Já no período Edo, o seppuku começou a ser planejado e sofreu algumas mudanças. Após o pedido para o ritual, o mesmo era agendado, o corpo lavado e um quimono branco oferecido ao guerreiro. O prato favorito também era servido a ele.

Então, o buji ficava em posição de dojo no local preparado para o ritual junto a uma plateia. Uma mesa armazenava saquê, instrumentos de escrita, molho washi e a kozuka, a lâmina para o golpe.

No início, o bushi bebia duas doses de saquê, escrevia um poema sem relação com a sua morte. Após isso, o guerreiro tirava parte de seu quimono e golpeava seu abdômen esquerdo e ia em direção ao direito. Após o golpe, o bushi decapitava o guerreiro e finalizava o seppuku, que em respeito, deixava parte da cabeça presa ao corpo.

Fonte: Mundo-Nipo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here