Você já esteve naquela situação de ter que acordar cedo para ir para o trabalho, ou para a aula, ou se não quando você tem de voltar pra casa naquele horário, que nós brasileiros temos o hábito de chamar de “horário de pico” no qual o transporte público, em especial metrôs e trens vem lotados?

Então, os brasileiros não são os únicos a passar por situações desconfortáveis como esta.




 

No Japão, em especial as grandes cidades, como Tokyo, é bem comum os transportes lotarem, porém assim como os brasileiros, os japoneses não desistem fácil, em especial se sentirem que vão se atrasar. Eles arriscam a entrar no vagão do trem mesmo que não haja espaço para ele.

Porém, por ser algo totalmente comum nos transportes públicos, as estações de trem de Tokyo, deixam preparado o  Oshiya, cujo a função é empurrar os passageiros (gentilmente) para dentro dos vagões com a finalidade de compactar o espaço interior dos vagões, com o intuito de fazer com que o maior número de pessoas possam embarcar antes da partida do trem.

Vocês devem estar pensando “mas os japoneses não se zangam por ter uma pessoa os empurrando?”. Nós sabemos que os japoneses são pessoas que não são muito propensas a contato físico, em especial de um estranho.

Porém, além de fazer caber o máximo de pessoas possíveis dentro do vagão, os Oshiya fazem seu trabalho com o máximo de polidez possível, utilizando vocabulário respeitoso e utilizando luvas brancas impecáveis.

O usuário do Twitter @jpn_darkside compartilhou um vídeo curto nas redes sociais mostrando a hora de pico matinal em Tokyo:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.