Início Japão Cultura Shogi: O xadrez japonês

Shogi: O xadrez japonês

1836
0

Originalmente, o xadrez foi criado na China a partir do Chaturanga. No Japão, o jogo foi introduzido no período Nara e é jogado de maneira diferente do resto do mundo, sendo chamado de Shogi, com um tabuleiro de 9 filas e 9 colunas.

Como jogar:

Cada jogador dispõe de 20 peças iguais às do outro jogador. Se diferenciam as peças de um jogador das do outro pela direção que apontam sobre o tabuleiro. É assim definido pois uma vez capturada uma peça do adversário pode-se utilizar junto às outras peças de quem capturou. Além disso algumas peças têm desenhos em ambas as partes para identificar quando uma peça foi promovida. As 20 peças são as seguintes:

  • 1 rei
  • 2 generais de ouro
  • 2 generais de prata
  • 2 cavalos
  • 2 lanceiros
  • 1 bispo
  • 1 torre
  • 9 peões

Os movimentos:

Resultado de imagem para os movimentos do shogi

Captura:

 

No Shogi, as peças são capturadas. Quando uma peça é capturada, deve-se mantê-la nas mãos e ela pode voltar para o jogo com o jogador que a capturou, como recolocação.

 

Regras da recolocação:

A peça deve ser colocada em uma casa vazia (ou seja, não pode ser colocada e já capturar outra peça) de qualquer lugar do tabuleiro (desde que não caia nas restrições seguintes), até mesmo na zona de promoção, mas a promoção não é imediata (a promoção pode ocorrer normalmente nas jogadas seguintes).

Uma peça não pode ser colocada numa casa de onde não poderia fazer uma jogada legal (peões, lanças e cavaleiros na última linha, nem cavaleiros na penúltima).

Um peão não pode ser colocado em uma coluna que já contenha outro peão não promovido do mesmo jogador (“nifu”). Se um jogador já tiver um peão não promovido em cada coluna, não pode recolocar um peão em qualquer lugar; por esta razão, é comum a sacrificar um peão, a fim de ganhar flexibilidade para recolocação.

Ao recolocar um peão, não é permitido dar xeque-mate (“uchifuzume”), mas pode dar um xeque. Outras peças podem dar xeque-mate imediato ao serem recolocadas.

Um jogo é vencido por se fazer chequemate ao rei adversário. Por causa da regra de reintrodução de peças, um stalemate (que significaria um empate) é altamente improvável.

O Cheque perpétuo é proibido. O jogador que provoque semelhante situação é obrigado a abandoná-la.

A capacidade de recolocação do Shogi dá ao jogo riqueza tática e complexidade.

Fonte: Mundo-Nipo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here