O tribunal de Osaka concedeu um pedido dos promotores para manter sob custódia até outubro, um homem suspeito de esfaquear um policial na prefeitura de Osaka.

Os promotores determinarão se Yujiro Iimori, de 33 anos, é mentalmente instável e se o indivíduo pode responder pelo crime de ter atacado o policial.




 

Iimori, tem um histórico de doença mental, disse à polícia que ele fez o esfaqueamento porque sua doença piorou e as pessoas ao seu redor estavam tratando-o mal, de acordo com fontes investigativas.

Fonte: KYODO

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.