Todos os 10 trens-bala, Hokuriku Shinkansen, cada um com 12 carros cada, que foram inundados durante a passagem do tufão Hagibis no mês passado, serão descartados devido a danos irreparáveis. 

Durante uma entrevista coletivo, o presidente da East Japan Railway Co., Yuji Fukasawa, disse que os 10 trens, sendo oito de propriedade da empresa JR East, serão destruídos e substituídos por novos. 

A JR East também afirmou que irá estudar se poderá reutilizar algum componente dos trens antes de destruí-los.  




Os outros dois trens inundados, pertencem à West Japan Railway Co. A empresa decidiu registrar perda total e o prejuízo chega a 3 bilhões de ienes. 

Os trens que serão destruídos representam um terço de todos os tens de Hokuriku Shinkansen.  

Por conta do nível da água e a altura de submersão dos tens, Fukasawa disse que acha mais seguro substitui-los. 

“Decidimos, em termos de estabilidade e segurança, que é apropriado desfazer-se dos trens e introduzir novos”, disse. 

A fabricação de um novo trem de trem shinkansen custa cerca de 300 milhões de ienes, de acordo com funcionários da empresa. 

“Nosso objetivo é restaurar 100% dos serviços (na linha Hokuriku Shinkansen) até o final do ano fiscal atual”, completou. 

Leia também:  Turista japonês é preso na Austrália por portar conteúdo de pornografia infantil

Mundo-nipo: O principal portal de notícias do Japão 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here