Neste último sábado (20), o velocista, Yuki Koike, se tornou o terceiro velocista japonês a quebrar a barreira dos 10 segundos nos 100 metros, a proeza ocorreu durante a final masculina da rodada 10 da liga dos diamantes, em Londres.

O tempo (9,98s) é o segundo mais rápido de um velocista japonês, empatado com Yoshihide Kiryu (tempo alcançado em 2017). Koike terminou em quarto na corrida de Londres, enquanto Kiryu terminou em sétimo com o tempo de 10.13s. Akani Simbine da África do Sul ganhou com o tempo de 9.93. 




“Eu corri a corrida perfeita”, disse Koike. Koike está otimista com suas competições futuras. “Eu vou treinar mais quando voltar para o Japão, e com alguns ajustes na minha técnica, eu posso ir ainda melhor no campeonato mundial (que ocorre setembro, em Doha). Estou empolgado com o futuro”, disse o atleta após a corrida. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.