Diversas redes varejistas relataram que dada as constantes e longas chuvas e o tempo frio, acabou diminuindo as demandas por moveis, roupas e outros bens, resultando em baixas vendas. 

De acordo com uma das redes, a Shimamura Co., até o dia 20 de julho foi registrado uma queda de 18% em relação ao ano anterior, um dos fenômenos que explica a queda é o fato de muitos clientes irem até a loja de bicicleta ao invés de carro, então nos dias chuvosos estes clientes acabam impactando desproporcionalmente a receita das lojas. 




Não só nas vendas, mas também as ações da empresa caíram cerca de 3.5% na última quarta-feira (24), após registrar o menor número de vendas mensais desde 2003. Ao mesmo tempo que as vendas locais caíram, as vendas externas da Fast Retailing impulsionaram uma valorização de 19% das suas ações. 

De acordo com as agências meteorológicas, ainda não há uma estimativa de quando a estação chuvosa deste ano chegara ao fim. No ano passado a temporada de chuva foi relativamente curta, terminando no dia 29 de junho para a área de Kanto, que inclui Tokyo. 

Veja também: Chuvas fortes em Kyushu deixam 2 mortos

Mundo-Nipo: O principal portal de notícias do Japão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here