TAIJI, WAKAYAMA PREF. – A temporada de caça aos golfinhos deste ano começou na terça-feira na cidade baleeira de Taiji, na província de Wakayama, usando um método tradicional de “caça de carro” que grupos de direitos dos animais em casa e no exterior dizem ser cruel.

A polêmica técnica de caça, na qual pescadores conduzem golfinhos e pequenas baleias até uma enseada onde podem ser mortos ou capturados, foi retratada no documentário de 2009 “The Cove”, que ganhou um Oscar.

Uma frota de barcos de pesca avistou um cardume de cetáceos a cerca de 12 quilômetros da costa por volta das 8h50 e capturou três golfinhos nariz de garrafa e um golfinho de Risso depois de conduzi-los a uma enseada.

Cada um deles tinha cerca de 3 metros de comprimento e será vendido para aquários, segundo os participantes da caçada.

Os cetáceos capturados na caça são vendidos para aquários ou consumidos como alimento.

“Começamos muito bem, pois pegamos golfinhos desde o primeiro dia”, disse Yoshifumi Kai, membro sênior da cooperativa de pesca da cidade.

A caça de baleias no Japão atraiu a atenção dos países anti-caça depois que Tóquio se retirou da Comissão Baleeira Internacional e reiniciou a caça comercial de baleias no ano passado.

Como membro do IWC, o Japão suspendeu a caça comercial de baleias em 1988, mas caçava baleias para o que alegava serem propósitos de pesquisa, uma prática criticada internacionalmente como uma cobertura para a caça comercial de baleias.

Mas a técnica tradicional de caça realizada em águas próximas à cidade não está sujeita ao controle da IWC e vem sendo praticada há anos.

Durante o período de caça ao carro até a próxima primavera, a polícia e a Guarda Costeira do Japão aumentarão a segurança para evitar que ativistas obstruam a caça, mantendo uma presença 24 horas por dia nas estações temporariamente instaladas na cidade.

Portal Mundo-Nipo
Sucursal Japão Osaka
Harumi Matsunaga

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here