“Alguém rechonchudo e despenteado, com pele danificada. Ele se locomovia em horas estranhas e mal conversava com os outros.”, diz um vizinho de Shinji Aoba (41), suspeito de incendiar o estúdio de animação Kyoto Animation na ultima quinta-feira.




Aoba, que está internado para se recuperar das queimaduras, era visto como uma pessoa reclusa e briguenta, e alguns dias antes do ataque, ameaçou e assustou vizinhos.

No dia 14 de julho, Shinji Aoba agarrou e ameaçou o vizinho depois de bater na parede reclamando do barulho.

“Quando ele saiu de seu apartamento, seus olhos estavam vermelhos e ele começou a gritar comigo na minha cara para calar a boca. Ele me agarrou pelo colarinho e começou a puxar meu cabelo. Foi aterrorizante.” relatou o vizinho que não quis se identificar.

De acordo com os relatos, Aoba nunca saia durante o dia, jogava muito videogame e fazia barulhos de madrugada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.