Quando falamos em cogumelos japoneses, a primeira coisa que pensamos é em shiitake ou shimeji, pela sua grande fama no mundo inteiro, mas principalmente no Brasil, onde consumimos com muita frequência.  




Hoje iremos mais além.  

Conheça 6 tipos de cogumelos japoneses, que muito se lê em nossas receitas do portal. 

 

Enoki 

Esse aqui é o mais comum pelo seu sabor e odor característico 

Ele também é muito conhecido como “broto de feijão”, lido em muitos pratos traduzidos para o português.  

Ele é facilmente reconhecido por sua haste fina e longa, e seu chapéu em formato pequeno e branco.  

Suas propriedades incluem aumento da imunidade e prevenção do câncer 

 

Shimeji 

Como dito no início do post, o shimeji é mundialmente conhecido.  

Seu formato é muito parecido com o enoki, porém de tamanho menor. 

Ele combina muito com arroz ou salteado com manteiga e shoyo. 

 

Shiitake 

Também muito utilizado na culinária japonesa e brasileira, o shiitake tem um sabor diferente do shimeji. Ele possui um aroma e um sabor mais forte. 

Combina muito bem refogado com manteiga e alho. 

 

Maitake 

Esse cogumelo fica tão saboroso quantos os dois anteriores.  

Cai muito bem ensopados e tofu, principalmente por um realça o sabor do outro. 

 

Matsutake 

Esse é o tipo mais caro da lista. Possui um aroma muito forte, mas possui um gosto muito saboroso. Seu tipo só pode ser colhido uma vez por ano, então se você deseja aprecia-lo fresco, vai ter que brigar na lista de compras. 

Combina muito com ensopados 

 

Nameko 

nameko possui uma consistência gelatinosa e não é nada atrativo, mas prometo que seu sabor lhe fará voltar mais vezes.  

Sua consistência gelatinosa é por causa de uma proteína chama Mucin. Ela tem ação protetora do estômago e contribui com a diminuição da pressão sanguínea. 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.