O último balanço da rede Yoshinoya acusou um prejuízo de 850 milhões de ienes (7,5 milhões de dólares). Afim de contornar a situação, Yasutaka Kawamura, presidente da empresa, divulgou que a partir do próximo ano cerca de 500 lojas da rede adotarão o sistema de self-service. Os clientes farão o pedido no caixa, o prato deverá ser retirado pelo próprio cliente.

O sistema de self-service irá reduzir em 40% o tempo de deslocamento dos atendentes pela loja, as mesmas passarão a ter maior número de mesas para suprir a necessidade em horário de pico.

Fonte: NHK

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.