329 visualizações 3 min 0 Comentário

Ataque Terrorista em Moscou, Mais de 60 Vítimas em Concerto Lotado

- 23 de março de 2024

Uma Noite de Horror: Relatos de Sobreviventes do Ataque em Moscou, Ação Imediata: Resposta das Autoridades Eleva Segurança Nacional.

Em um dos ataques mais mortíferos na Rússia em décadas, mais de 60 pessoas perderam a vida em Moscou, quando homens armados abriram fogo em uma sala de concertos lotada. O Comitê de Investigação da Rússia confirmou o número de vítimas e alertou que esse número poderia aumentar. O atentado, que ocorreu na sexta-feira, foi reivindicado pelo Estado Islâmico (EI), grupo militante conhecido por suas ações violentas no Iraque e na Síria. Este ataque teve início momentos antes da apresentação da banda de rock da era soviética “Picnic”, em um teatro com capacidade para 6.200 pessoas, localizado em um subúrbio a oeste de Moscou.

Testemunhas descreveram cenas de caos e pânico, com vídeos mostrando o público tentando desesperadamente encontrar saídas enquanto tiros eram disparados. O saldo inicial de vítimas, fornecido pelo Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB), era de cerca de 40 mortos, mas esse número foi posteriormente atualizado. O ataque não só deixou um número elevado de mortos e feridos, mas também provocou uma resposta imediata das autoridades russas, com um reforço significativo das medidas de segurança em Moscou e em todo o país.

O incidente evocou memórias do cerco à escola de Beslan em 2004, um dos piores ataques terroristas na história recente da Rússia, aumentando o temor de uma escalada de violência. Em resposta, o presidente Vladimir Putin, recentemente reeleito, foi informado sobre o ataque nos primeiros minutos após ter ocorrido e tem recebido atualizações regulares sobre a situação e as medidas de segurança adotadas.

A comunidade internacional, incluindo os Estados Unidos, potências europeias e árabes, bem como antigas repúblicas soviéticas, expressou seu choque e condenação ao ataque. O governo dos EUA, que havia alertado previamente sobre a possibilidade de um ataque em Moscou, confirmou a reivindicação de responsabilidade do EI. Este alerta fazia parte de uma política de longa data dos EUA de compartilhar informações sobre ameaças iminentes, reforçando a cooperação internacional no combate ao terrorismo.

Este ataque brutal em Moscou destaca a contínua ameaça do terrorismo global e a necessidade de vigilância e cooperação internacional para prevenir futuros ataques. As autoridades russas e a comunidade internacional estão agora enfrentando o desafio de responder a este ataque, ao mesmo tempo em que buscam maneiras de aumentar a segurança e proteger os cidadãos contra ameaças semelhantes no futuro.

Portal Mundo-Nipo
Sucursal Japão – Tóquio
contato@mundo-nipo.com.br

Comentários estão fechados.