[faceturbo]

Um artista japonês explica o porquê é infinitamente mais belo, transformar alguém em um lápis ao invés de um diamante. 

A cremação é regra no Japão, e as cinzas do falecido são geralmente divididas em dois lugares. Uma porção é colocada em uma cova familiar compartilhada, e o restante entra em uma urna para o butsudan dos parentes, onde é posicionado em um altar budista tradicional na sala de estar dos lares japoneses. 

O internauta japonês do Twitter @hiyoko5656, no entanto, acha que algo poderia ser um pouco diferente.  

Sendo um fã de minerais e pedras, o @hiyoko5656 queria que suas cinzas fossem comprimidas em um diamante, criando um lembrete físico e bonito de sua existência.  

No entanto, quando o pai, com visão de futuro contou à filha sobre esse desejo, a criança teve uma ideia ainda mais única. 

“Eu disse à minha filha que queria que minhas cinzas fossem transformadas em diamante e ela disse ‘quero que as minhas sejam transformadas em lápis’” 

Carbono é carbono, portanto, não é um pedido impossível.  

No entanto, os diamantes são eternos, enquanto os lápis são, por sua própria natureza, instrumentos descartáveis.  

Transformar suas cinzas em um lápis significa que seus descendentes acabam com um item que eles nunca podem usar para o propósito a que se destinam, para que não destruam seus restos mortais, certo? Mas acontece que a natureza consumível de um lápis é o ponto chave da ideia, então @hiyoko5656 continua explicando. 

“Perguntei à minha filha o porquê ela escolheu o lápis e ela disse: ‘Se você transformar suas cinzas em um lápis, peça a um artista incrível que use esse lápis para desenhar uma ilustração, você será reencarnado na forma 2D.’ 

Minha filha pode ser um gênio.” 

Claro, usar o lápis consumirá todo o carbono, mas isso é apenas algo para ficar triste se você estiver usando-o para escrever listas de compras ou outras inutilidades que você vai jogar no lixo depois.  

Por outro lado, usar o lápis para criar uma obra de arte, que pode ser estimada e valorizada para sempre, significa que o corpo do ente querido que faleceu foi transformado em uma expressão artística de sua vida, e isso pode trazer ainda mais alegria para os outros. 

Por falar em arte, a filha de @ hiyoko5656 é uma baita artista 

É uma ideia incrivelmente inovadora, e como @hiyoko5656 disse, essa é uma ideia que beneficia tanto o falecido, por ter seus desejos respeitados, quanto o artista, que teoricamente ganharia uma comissão pelo desenho memorial.  

Inclusive, essa pode ser uma ideia especial para os fãs de anime, pois há a possibilidade de seus restos mortais passarem a ser uma ilustração, onde você finalmente pode se tornar o seu personagem de mangá favorito. É… parece que isso ajudaria muito seu espírito a descansar em paz. 

Mundo-Nipo: O principal portal de notícias do Japão  [/faceturbo]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here