A União Soviética estava preparada para conceder duas das quatro ilhas reivindicadas pelo Japão. Esta teria sido a maior concessão antes do início de negociação para a normalização dos laços diplomáticos na década de 1950.

Documentos de 1955, afirmam que a União Soviética poderia começar a negociar a entrega das ilhas de Habomai e Shikontan, mas para isso, seria imposta a condição de que bases militares estrangeiras não fossem colocadas nas ilhas.

Sendo uma forma da União Soviética de adotar medidas para fortalecer sua influência sobre o Japão, enfraquecendo a posição dos Estados Unidos. Ficou claro que essa oferta tinha intenção de fortalecer medidas contras os EUA.

Uma declaração foi assinada em 1956 pelo Japão e a União Soviética a qual Habomai e Shikotan seriam entregues ao Japão após a conclusão de um tratado de paz bilateral.

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, junto com o presidente russo, Vladimir Putin, concordam que as negociações sobre o tratado de paz devem ser baseadas na declaração. Sendo assim, Putin estuda solucionar a questão entregando as duas ilhas.

Fonte: NHK

https://www3.nhk.or.jp/nhkworld/pt/news/135582/.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.