Início Destaques Japão Status de Refugiado para LGBTQ+ no Japão

Status de Refugiado para LGBTQ+ no Japão

299
0

Em 2018, o Japão concedeu o status de refugiado a um cidadão estrangeiro devido a estar sendo perseguido por ser homossexual.

Esta é a primeira vez que o Japão reconhece um estrangeiro como refugiado por tal motivo, segundo a Agência de Serviços de Imigração.

A agência optou por não divulgar a nacionalidade, sexo ou outros detalhes pessoais da pessoa em questão, do indivíduo, apenas se sabe que a prática de atos homossexuais são puníveis em seu país de origem e que a pessoa foi mantida presa por dois anos antes de ser libertada sob fiança e vir ao Japão.




 

De acordo com a Associação Internacional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Trans e Intersexuais (ILGA), cerca de 70 países, principalmente do Oriente Médio e da África, banem as relações entre pessoas do mesmo sexo.

O Japão está vendo um aumento nos movimentos para apoiar os direitos dos casais LGBT. Na segunda-feira, a prefeitura de Ibaraki tornou-se a primeira prefeitura a reconhecer oficialmente casais do mesmo sexo.

A Agência de Serviços de Imigração disse que 10.493 pessoas solicitaram o status de refugiado no Japão em 2018. Destas, 42 receberam status de refugiado por medo de perseguição por causa da homossexualidade, religião, pensamento político ou outras razões.

Fonte: KYODO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here