Início Mundo 7 venezuelanos morreram em mina de ouro, familiares afirmam que as mortes...

7 venezuelanos morreram em mina de ouro, familiares afirmam que as mortes foram um assassinato

508
0
Mais sete mortes foram registradas, em um momento violento da mineração ilegal no país.

Nesta quarta-feira (17), no mínimo sete pessoas foram assassinadas nas proximidades de uma mina de ouro remota ao sul venezuelano, segundo familiares. O incidente desta quarta é o mais recente, em um momento conturbado e violento ligado à mineração ilegal na Venezuela, que enfrenta uma forte crise atualmente.

Os corpos foram encontrados em uma expedição militar próximo a mina remota de uma floresta que fica à quatro horas de Tumeremo. Os familiares disseram que há indícios de que o incidente tenha sido causado por uma luta entre grupos armados pelo controle da área. Os corpos foram levados para a base militar de Tarabay.

“Minha filha tinha ferimentos no rosto, eles a sequestraram e mais tarde a balearam na cabeça”, disse Nassif Suliman, de 57 anos, que viajou com a expedição militar para buscar o corpo de sua filha de 22 anos, Adela.

Os familiares afirmam que os assassinatos aconteceram no domingo, mas só souberam na segunda-feira porque alguns conseguiram fugir da mina.

Os moradores de Tumeremo acreditam que a mesma violência que causou a morte de tantas pessoas e as sete mais recentes, tenha tirado a vida de outros trabalhadores dos arredores. Um protesto foi feito em frente a base militar, exigindo que mais buscas fossem realizadas.

Com a economia venezuelana arrasada e as pessoas sem acesso até a alimentos, os venezuelanos recorrem cada vez mais à mineração informal.

O ministério da Informação e a Procuradoria-Geral da Venezuela não responderam a pedidos de declarações.

Fonte: Reuter

https://br.reuters.com/article/worldNews/idBRKCN1MS1U2-OBRWD

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here