488 visualizações 3 min 0 Comentário

Japão Avança no Turismo Espacial, Portos Espaciais e Startups Inovadoras

- 8 de maio de 2024

Infraestrutura para o Futuro: Como o espaço está se tornando essencial para a sociedade futura.

Em um movimento estratégico para fortalecer sua posição na corrida espacial global, o governo japonês anunciou a criação do Fundo de Estratégia Espacial. Com um orçamento de 1 trilhão de ienes destinado a um período de 10 anos, este fundo visa impulsionar o setor espacial do Japão, apoiando startups e universidades com 22 temas iniciais de financiamento.

Historicamente, o desenvolvimento de foguetes era predominantemente liderado por governos. No entanto, reconhecendo a crescente competição internacional e a importância do setor privado, exemplificado pelo sucesso da SpaceX nos Estados Unidos, o Japão busca agora catalisar sua indústria espacial. Com o mercado espacial projetado para crescer para 1 trilhão de dólares até 2040, o Japão enfrenta o desafio de estabelecer uma presença significativa nesse setor em expansão.

Durante uma discussão no programa “Nikkei News Plus 9” da BS TV Tokyo, especialistas destacaram a importância da cooperação internacional para o Japão. A colaboração com a Europa na exploração lunar e na observação de asteroides, bem como a participação no programa Artemis dos EUA para pousos lunares humanos, são passos cruciais para aumentar a influência global do Japão no espaço.

A indústria espacial japonesa, embora atrás dos EUA em termos de orçamento e lançamentos de foguetes, está fazendo progressos significativos. A empresa Future Space Transportation System, liderada por Kojiro Hatada, está desenvolvendo foguetes com o objetivo de iniciar o turismo espacial, destacando a transição do Japão para um modelo de desenvolvimento espacial mais privado.

A comparação internacional revela que o Japão lançou apenas dois foguetes no ano passado, contra 104 dos EUA, dos quais 96 foram da SpaceX. Este domínio americano, impulsionado pela determinação de Elon Musk e pelo apoio da NASA, coloca o Japão em uma posição de recuperação. No entanto, a indústria japonesa tem seus pontos fortes, como a pesquisa em foguetes reutilizáveis, que podem ser a chave para reduzir custos e tornar o turismo espacial uma realidade.

O desenvolvimento de portos espaciais no Japão para o turismo espacial e a crescente tendência de envolvimento do setor privado no desenvolvimento espacial são sinais promissores de progresso. Com mais de 100 startups espaciais, o Japão está se posicionando para recuperar o atraso e explorar o potencial do espaço como uma infraestrutura essencial para a sociedade futura.

Logotipo Mundo-Nipo
Autor

**Portal Mundo-Nipo**
Sucursal Japão – Tóquio
contato@mundo-nipo.com.br

Comentários estão fechados.