Nos próximos cinco dias, o Japão enfrenta a difícil tarefa de testar milhares de passageiros a bordo de um navio de cruzeiro em quarentena, evacuá-los e transportar aqueles que apresentam resultados positivos para o coronavírus – ou que podem ter entrado em contato com alguém que tenha – para instalações as médicas. 

O ministério da saúde ainda irá anunciar um plano para resolver esses problemas ou estender a quarentena, que está programada para terminar na quarta-feira, a tarefa de tirar todos da Diamond Princess dentro do prazo se torna cada vez mais dificil. 

Toda a situação é como “um jogo sem fim”, disse Koji Wada, professor de saúde pública da Universidade Internacional de Saúde e Bem-Estar. 

“À medida que o prazo se aproxima, a questão agora é saber se é possível enviar todos para casa a tempo”, disse ele. “É perfeitamente possível que nem todos os passageiros sejam evacuados até o final do período de quarentena.” 

Até agora, aqueles que estão infectados com COVID-19 (coronavírus) começaram a apresentar sintomas entre dois e 14 dias após a contaminação.  

Assim, uma quarentena de mais duas semanas foi colocada no navio de cruzeiro, que transportava mais de 3.700 passageiros e tripulantes, depois que um homem de 80 anos que deixou o navio em Hong Kong e apresentou positivo para o vírus. 

Mundo-nipo: O principal portal de notícias do Japão 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here