272 visualizações 47 segundo 0 Comentário

Água radioativa poderá ser liberada por longos 30 anos em Fukushima

- 23 de agosto de 2023

Quando ocorreu o desastre nuclear em março de 2011, tudo que era da região de Fukushima perderam a reputação de qualidade.

Um dos segmentos seriamente afetados foi o da pesca. O governo japonês investiu cerca de 80 bilhões de ienes para criar canais de vendas e distribuição para retomar os negócios na região afetada. Mas antes de chegar a esta fase foram necessários muitos anos.

A água radioativa utilizada para resfriar os geradores da usina de Fukushima, atualmente guardadas em tanques (1 milhão de toneladas), foram tratadas para reduzir os elementos radioativos (exceto o trítio). O governo japonês anunciou a intenção de liberá-la a partir desta quinta-feira no mar, pouco a pouco por estimados 30 anos e causou protestos de países vizinhos e dos próprios japoneses da região de Fukushima.

Um dos pescadores da região disse: fiquei pasmo com o anúncio feito pelo governo, se isto realmente vier a acontecer, regrediremos para a estaca zero. Outro comerciante da região reagiu: Isso não pode estar acontecendo.

Aos produtores da região de Fukushima permanece o medo, a decisão equivocada do governo poderá colocar em xeque à sobrevivência.

Portal Mundo-Nipo

Sucursal Japão – Tóquio

Jonathan Miyata

Comentários estão fechados.