O governo japonês anunciou alteração na regra para a entrada ao Japão no dia 18/01/2022, seguem as alterações aprovadas:

  • Junção familiar (cônjuge e filho menor de nisei e sansei que estiverem no Japão)
  • Pedido de visto japonês para nisei
  • Permissão de entrada para pessoas com re-entry válido

Em relação à junção familiar, uma vez acolhido o pedido pelo Consulado do Japão, cada caso será analisado para enfim ser concedido o visto japonês e a permissão de entrada.

Em relação à quarentena

O período de quarentena foi reduzido de 14 dias para 10 dias. Ou seja, será mantido os 3 dias de quarentena no hotel providenciado pelo governo japonês, o saldo de 7 dias deverá ser realizado no espaço providenciado pelo viajante.

Muita cautela para definir os próximos passos para a viagem

Estamos em um período sem precedentes na história de viagem internacional devido à pandemia da Covid-19. As regras de permissão de entrada são alteradas sem prévio aviso, sempre se adequando a situação pandêmica do momento. As decisões devem ser conservadoras, sempre levando em consideração os seguintes fatores:

  • não há como fazer previsões de quando será liberado o pedido de visto japonês no Consulado do Japão. Ex: no final do mês de setembro havia uma grande expectativa sobre a data que seria liberada o pedido de visto japonês para sansei. Uma agenciadora de empregos no Japão anunciou em sua live, que tinham informações privilegiadas do Consulado do Japão (uma inverdade) e que havia 99% de chance de liberação de visto japonês para sansei. Este comentário irresponsável fez com que muitos sanseis se desligassem de seus empregos, pois queriam ficar preparados para o embarque. Estes sanseis passaram a fazer parte da estatística de desempregados no Brasil que supera a marca de 12 milhões de trabalhadores.
  • priorize uma operação segura de viagem, caso tenha dúvidas em relação à permissão de entrada ao Japão, verifique com a sua agência de viagem ou operadora de turismo se os passageiros estão conseguindo desembarcar no Japão.
  • não tome decisões baseadas em postagens em redes sociais de orgãos que não sejam oficiais. Há muitas notícias falaciosas na mídia digital.

Portal Mundo-Nipo

Sucursal Japão Tóquio

Jonathan Miyata

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here