614 visualizações 2 min 0 Comentário

Após a evacuação, 5 pessoas apresentaram pneumonia ao chegar no Japão

- 29 de janeiro de 2020
Takeo Aoyama e Takayuki Kato, conversam com jornalistas depois de voltar para casa em um avião fretado

Na noite desta última terça-feira, o Japão enviou um voo fretado afim de evacuar seus nacionais da cidade em que se originou o surto do novo coronavírus mortal. O primeiro grupo de evacuados chegou a Tokyo na manhã desta quarta-feira. 

Ao desembarcar, uma dúzia deles apresentavam tosse e febre, onde mais tarde evoluiu e foi diagnosticado como pneumonia. 

Cinco pessoas, das 206 que foram evacuadas, foram levadas para os hospitais designados pelo governo de Tokyo, na qual há especialização no tratamento de doenças infecciosas.  

Segundo as autoridades da cidade de Tokyo, dois dos que apresentavam pneumonia ainda não estavam ligados ao novo coronavírus. 

Na quarta-feira, outros sete evacuados que fizeram uma triagem antes de entrar a bordo da aeronave, também apresentaram tosse e febre na triagem de desembarque. Eles foram hospitalizados e permanecem estáveis. 

“Estávamos cada vez mais desconfortáveis, pois a situação se desenvolvia tão rapidamente quando ainda estávamos na cidade”, disse Takeo Aoyama, funcionário da subsidiária da Nippon Steel Corp. em Wuhan, a repórteres no aeroporto de Haneda, em Tokyo, enquanto esperava um ônibus chegar ao local para leva-lo a um hospital para outro exame de saúde. 

“Meu desconforto aumentou quando o número de pacientes começou a aumentar”, disse ele, usando uma máscara que abafava sua voz. 

O homem que mora em Nara, desenvolveu tosse, dor no corpo e calafrios, no dia 14 de janeiro. Três dias após o desenvolvimento dos sintomas, ele visitou um hospital, mas o seu teste para reconhecer o coronavírus foi negativa. Entretanto, dias depois o homem desenvolveu pneumonia. 

Leia também:  Voo fretado inicia repatriação de japoneses que estão em Wuhan  

Mundo-nipo: O principal portal de notícias do Japão