Em julho e agosto do ano passado, sete acidentes com boias aconteceram. Com o início do calor e mais atividades na praia, as preocupações das autoridades aumentam.




No Japão, as autoridades estão pedindo aos pais que vigiem as crianças que usam boias infláveis, pois são facilmente arrastadas para longe da praia. 

 

“Se você colocar uma criança em um objeto inflável, certifique-se de que ela está usando um colete salva-vidas e, por favor, não tire os olhos dela”, alertou a Agência de Assuntos do Consumidor do Japão.

 

A guarda costeira informou que no ano passado, pelo menos sete crianças foram arrastadas em Fukui e Quioto.

 

Mundo-Nipo: O principal portal de notícias do Japão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.