Segundo um estudo realizado por um professor da Universidade de Yokkaichi, Chiba, estima-se que existe cerca de 60 mil partículas de microplásticos por metro quadrado na praia de Nasanohama. 

Na pesquisa realizada em fevereiro, os especialistas coletaram microplásticos em 11 locais da praia, cada um medindo 900 centímetros. 




 

Além disso, eles também encontraram 60 mil partículas nos locais, de materiais como fragmentos de isopor, pastilhas fertilizantes e plásticos rígidos. 

Outros incluíam resina plástica e grama artificial.  

Em 2008, uma equipe de pesquisa da Universidade de Kagoshima coletou plásticos de 33 locais no litoral da baía de Ise, onde a densidade média chegou a 4.038 por metro quadrado. 

“Acredita-se que os resíduos sejam originários de áreas terrestres e também de áreas marítimas onde a aqüicultura e a pesca são amplamente conduzidas”, disse o professor.  

“Os microplásticos são lavados e concentrados como outros resíduos marinhos. É necessário criar medidas para reduzir os tipos de resíduos que são produzidos em grandes quantidades. ” 

Todos os anos, aproximadamente 12 mil toneladas de esgoto entram na Baía de Ise, principalmente originadas das prefeituras de Mie, Aichi, e Gifu, onde grande parte deságua na praia de Nasanohama. 

Leia também:   Fósseis de nova espécie são encontrados por equipe da Tailândia e do Japão

Mundo-nipo: O principal portal de notícias do Japão 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here