Neste domingo (28), a Câmara Alta do Japão deu início às obras para a renovação do local, afim de proporcionar melhor conforto para legisladores portadores de deficiência física recém-eleitos. 

Yasuhiko Funago (doença de Lou Gehrig) e Eiko Kimura (paralisia cerebral), usam cadeira de rodas maiores que o normal. Para solucionar o problema de locomoção, a Câmara dos conselheiros removeu 3 assentos para criar espaço.  




Fontes de energia elétrica também serão instaladas em seus locais, para que os legisladores possam carregar a bateria de suas cadeiras de rodas e equipamentos médicos.  

As obras foram aprovadas pelo comitê de direção da câmara alta na última quinta-feira. 

As obras deverão ser completadas até quinta-feira, quando haverá uma sessão extraordinária sobre Dieta. Outras inovações serão adicionadas, como botões de votação especiais, além de fornecimento de documentos em braile, para futuros legisladores portadores de deficiência visual. 

Em 1977, a câmara alta já havia feito modificações quando o parlamentar Eita Yashiro, de 82 anos, usuário de cadeira de rodas, foi eleito. Rampas e banheiros também foram adaptados. 

 

Mundo-Nipo: O principal portal de notícias do Japão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.